Busca no siteÁrea reservada...
 

 

NOTÍCIA

ARNÓ É O NOVO PRESIDENTE DO LIONS CLUBE DE NOVA FRIBURGO

Fonte: Fonte: www.avozdaserra.com.br

 Nova diretoria do Lions Nova Friburgo toma posse em concorrido jantar no Hotel Bucsky





O dirigente investidor Pedro Aurélio Gonçalves,
Giuseppe e Patrícia Arno





Logo após a posse, o casal Arno toca o sino, símbolo de que o novo presidente está em exercício





Momentos antes da posse (da esquerda para a direita), o presidente Luís Carlos
Pessanha da Encarnação, ao lado do novo presidente Giuseppe Arno e Patrícia,
Cláudio Fiasca, Saudade Braga e Dilva Maria de Moraes



Na noite da última sexta-feira, 29 de junho, tomou posse a nova diretoria do Lions Clube Nova Friburgo para o ano leonístico 2007/08, tendo como presidente o CL Giuseppe Arno e sua DM Patrícia. A cerimônia, que reuniu quase uma centena de pessoas, teve presenças marcantes, tais como a do dirigente investidor Pedro Aurélio de Mattos Gonçalves, presidente do Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo LC, e sua esposa DM Marlene. A prefeita de Nova Friburgo, Saudade Braga, e o marido Roberto Braga; o vice-prefeito Cesar Iório e esposa; o secretário de Projetos Especiais da Prefeitura, Glauber Braga, acompanhado da namorada; o deputado estadual CL Olney Botelho e sua esposa DM Verônica; o CL Márcio Quaresma, presidente da Divisão F1 e sua esposa DM Cláudia também estiveram presentes ao concorrido jantar. Entre os clubes presentes estavam os de Bom Jardim, Itaboraí, Leme-RJ, Nova Friburgo Conselheiro Paulino, Niterói Fonseca e Rotary Teresópolis Paquequer.
O Lions Clube Nova Friburgo é patrocinador, junto com o clube irmão de Sant’Angelo Lodigiano (Itália), do monumento que será erguido graças à colaboração da Prefeitura de Nova Friburgo, na Praça do Suspiro, em homenagem a Santa Francesca Saverio Cabrini, padroeira de todos os emigrantes. O novo presidente é também presidente da Associação Ítalo-Brasileira de Arte e Cultura (Aibac), da Dante Alighieri e diretor do jornal La Gazzetta.
Luís Carlos Pessanha da Encanação, o presidente que se despede - Após o pronunciamento do presidente Luís Carlos Pessanha da Encarnação, a palavra foi franqueada aos componentes da mesa. Inicialmente o presidente do Conselho de Governadores, Pedro Aurélio de Mattos Gonçalves, discursou sobre a importância do Lions Clube Internacional, evidenciando, entre outras coisas, que esta é a maior organização de clubes de ações beneficentes do mundo, com 1,3 milhão de sócios em cerca de 45 mil clubes espalhados por 200 países e regiões.
Retomou a palavra o presidente Luís Carlos Pessanha da Encanação, agradecendo a todos os sócios do clube pela colaboração recebida durante seu mandato, principalmente pela realização da magnífica cerimônia do cinqüentenário do clube e, de forma especial, a sua esposa DM Rosane, pelo precioso e constante apoio recebido, demonstrando-lhe a sua gratidão com um presente especial, uma gargantilha de ouro.
Retomou a palavra o dirigente investidor Pedro Aurélio de Mattos Gonçalves, que convidou o novo presidente Giuseppe Arno a prestar o juramento de posse, realizando-se, assim, a consagração da nova diretoria. A ocasião foi propícia para que o presidente do Conselho de Governadores e o novo presidente Giuseppe Arno expusessem à prefeita Saudade Braga a possibilidade de colaboração entre o Lions Clube e a Prefeitura de Nova Friburgo, a fim de parceria global, através do programa SightFirst (serviços prestados aos cegos e deficientes visuais). A prefeita, sabidamente muito dedicada às atividades sociais, demonstrou interesse ao programa que lhe foi exposto, gerando muita motivação para a nova diretoria.
Dando continuidade à cerimônia, depois do jantar passou-se às premiações e ao oferecimento de presentes para os sócios e convidados de honra. Tomou a palavra por último o novo presidente, agradecendo muito sentidamente às autoridades que abrilhantaram a solenidade e a todos os companheiros e amigos presentes, ressaltando o bom êxito da cerimônia, certamente pela dedicação e comprometimento de todos, com quem declarou pretender trabalhar junto, porque, somente assim, todos juntos, é possível servir às causas humanitárias.
Arno declarou ainda com muita franqueza que aquela atmosfera de companheirismo o induzia a considerar as autoridades presentes, com todo o respeito, além de autoridades, queridos companheiros e importantes parceiros no processo de realização dos nobres programas leonísticos. O presidente encerrou a assembléia convocando os sócios para a primeira reunião, que aconteceu na última segunda-feira, 2, às 19h30, na sede social.



Quem são os leões?



Os leões são homens e mulheres que trabalham como voluntários em causas humanitárias. O lema da organização voluntária, fundada em 1917, é “Nós servimos”. Em todo o mundo os Lions Clubes são reconhecidos pelos serviços prestados aos cegos e deficientes visuais. Esses serviços tiveram início quando Helen Keller desafiou os leões a se tornarem “paladinos dos cegos na cruzada contra a escuridão”, durante a convenção do Lions Club International de 1925.
Hoje o Lions estende o seu compromisso de conservação da visão através de incontáveis esforços locais, assim como através do programa internacional SightFirst e do Dia Mundial da Visão do Lions, uma parceria global com órgãos das Nações Unidas, organizações oftalmológicas e filantrópicas e profissionais da área de saúde, realizado na segunda quinta-feira do mês de outubro, para aumentar a conscientização da necessidade de minimizar a cegueira. O Lions também coleta e recicla óculos para distribuição em países em desenvolvimento durante todo o ano e especialmente em maio, que é o mês do Programa Leonístico Reciclagem em Prol da Visão. Além disso, o Lions tem um firme compromisso com os jovens, através de programas de desenvolvimento juvenil.
O Lions também trabalha para melhorar o meio ambiente, auxiliar os deficientes, apoiar a conscientização acerca da diabetes, realizar programas auditivos e, por meio de sua fundação, oferecer auxílio às vítimas de catástrofes em todo o mundo. Com base em um relatório recente sobre os Lions Clubes do mundo todo, estima-se que cada clube doe US$ 9.900 para causas beneficentes, totalizando US$ 449 milhões. A cada ano os sócios do Lions Club International oferecem aproximadamente 76 milhões de horas de serviço voluntário, o que equivale a 36.500 pessoas trabalhando em tempo integral durante um ano inteiro.
Em 1990, o Lions criou o SightFirst (Programas de visão), arrecadando US$ 143 milhões para combater as principais causas de cegueira evitável e reversível. Este programa inédito é um trabalho conjunto de voluntários do Lions, especialistas em prevenção à cegueira, organizações e governos. O SightFirst realizou mais de 7,1 milhões de cirurgias de catarata; construiu ou ampliou 213 hospitais oftalmológicos; apoiou mais de 80 milhões de tratamentos para a prevenção da oncocercose e melhorou o atendimento oftalmológico em 90 países em todo o mundo. Em 2005 o Lions lançou a Campanha SightFirst II, com o objetivo de angariar pelo menos US$ 150 milhões para continuar e expandir o extraordinário trabalho do programa.
Os Lions Clubes apóiam outras atividades relacionadas à visão. Os Lions Clubes e seus sócios oferecem 600 mil exames gratuitos de glaucoma e tornam possíveis 25 mil transplantes de córnea a cada ano; implantam e apóiam a maioria dos bancos de olhos do mundo, centenas de clínicas, hospitais e centros de pesquisa oftalmológica por todo o mundo; coletam anualmente mais de 30 milhões de pares de óculos, que são distribuídos gratuitamente aos necessitados de países em desenvolvimento; oferecem exames, óculos de proteção esportiva a atletas, através do programa Paraolimpíadas: Abrindo os Olhos, promovido pelo Lions Club International; oferecem gratuitamente máquinas braile, textos impressos em letras grandes, bengalas brancas e cães de guia a milhares de pessoas a cada ano.



Giuseppe Arno e a Prefeita Saudade Braga

Voltar